Sobre

Autorretratos não intencionais de Guilherme Zawa possibilita dar forma às fronteiras territoriais internas e individuais. Ao convocar os participantes a construir uma narrativa sobre o outro, instala-se, ainda que sem intenção, a possibilidade da observação do auto-território, do auto-pertencer.

Seja convergindo, seja divergindo, o ato de olhar e indagar se enlaça ou desenlaça na imagética reconhecível ou na projeção da possibilidade de diálogo imaginário entre o que se vê e o que se pensa sobre o que se vê.

O resultado é o aparecimento escancarado de traços culturais e regionais, junto com o atravessamento do humano que se revela nas entre linhas, desenhando a condição humana universal para além de qualquer fronteira.

Sobre / About:

“Autorretratos Não Intencionais” é uma experimento sociológico e artístico, realizado pelo artista visual Guilherme Zawa e composto de 4 partes:

1 – As imagens da série “Retrato/Refrato”, um estudo sobre a estratificação imagética e parcial inerente ao olhar sobre o outro e ao diferente.

2 -Um compilados de textos do artista intitulados “Matéria Escura”, que seguem a pesquisa pelo viés literário ao criar narrativas sobre pessoas desconhecidas se perguntando sobre do que se compõe a construção interpretada do desconhecido.

3 – Um diário experimental, narrando sobre as experiências do processo, que pode ser lido através do site.

4 – O experimento em vídeo com participantes do Brasil, França, Argentina, EUA, Alemanha e Turquia. Uma investigação sobre imagens e narrativas irreais, atentas para o universo interno refratado no outro. 

Próximas ações:

Noite de galerias da Bienal de Curitiba 18 e 19 de setembro de 2019.
Endereço: Rua Saldanha Marinho 1220, 2º andar. Curitiba-PR
telefone: 41.99889.9560 – (Atendimento por telefone: de segunda à sexta das 14h às 18h)
 contato@airez.art.br – Horários: de segunda a sexta das 16h às 20h –
Sobre o artista:
Guilherme Zawa, 1982. Vive e trabalha em Curitiba.
Artista visual e escritor.
Trabalha a arte como aspectos de sublimação de percepções e da metáfora enquanto forma estrutural capaz de estabelecer novos significados.
Atua através da arte lens-based, sobretudo fotografia e vídeo arte.
Principais Exposições / Main Exhibitions
2018 – Bienal de Curitiba – Circuito de Galerias.
2017 – The Wrong – New Digital Art Biennale – Curitiba – PR.
2017 – Museu da Fotografia da Cidade de Curitiba – Curitiba – PR.
2016 – Paratíssima – Lisboa, Portugal.
2016 – Salão de Outono da América Latina – SP
2016 – Self Identities – Galeria Laura Haber – Buenos Aires, Argentina.
contato: guilhermezawa@gmail.com