Retrato/Refrato #1

ANI_v_1_FF

©Guilherme Zawa

 

Sou obsedado por saber como os outros se sentem. É um sentimento que me acompanha desde a infância. Não apenas a constatação momentânea de uma pessoa, como alguém que responde: “vou bem, obrigado”, sou realmente molestado pela ideia de saber como o outro se sente, vê o mundo. Gostaria de entrar na sua pele, vestir a sua alma.

Esse sentimento desembocou em um genuíno interesse da minha parte pelas outras pessoas. Não à toa tenho interesse de escrever sobre elas, de fotografá-las.

Quando as fotografo me detenho por muito tempo a olhar uma cena que passa. Se puder, posso acompanhar uma pessoa por horas através do visor da minha câmera.

E a pergunta que me vem à tona hoje é: Por que fotografo aquilo que fotografo?
Percebo que por mais que fotografe outras pessoas, o retratado sou sempre eu mesmo, refratado naquilo que vejo, minhas fotografias rezam o rosário de meu universo interno. Isto é uma condição que não se atém só à mim.

A outra questão – essa mais técnica – é como exprimir o que sinto/penso/percebo sobre essa refração de mim no outro? E como construi-la a partir de uma imagem estática enquadrada por mim através da minha câmera? A resposta é simples: não me é possível. Olho para a fotografia gerada pela câmera e não reconheço nela o que com a liberdade das percepções internas eu vejo.

Por isso, as minhas imagens se estratificam, tentam se igualar ao inconsciente humano: em fragmentos que resvalam para outros fragmentos nem tão claros quanto os primeiros. Aglomerados de percepções para os quais não há controle, nem controlador.

Essas imagens são a tentativa de se fotografar o universo perceptível por mim e não apenas a cena em minha frente. Elas querem aprisionar a passagem do momento, não apenas da garota que fecha a porta e vai, mas de mim mesmo refratado na cena, o que sou, o que sinto e os muitos porquês de estar fazendo isso.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s